«

»

nov 14

Perdendo tempo e dinheiro por não saber onde armazenar seus arquivos? Confira as dicas

250x250a                                                  

Não deixe que o dinheiro que ganhastes com seus negócios vá parar no ralo, armazene seus aquivos em nuvem

Tenho buscado informações a respeito de ganhar dinheiro na internet, e como ter um negócio online de sucesso, estou sempre estudando maneiras de melhorar o conhecimento das pessoas que querem saber como ter uma renda extra. Foi pensando nisso que elaborei este artigo, pois um dia em uma conversa com um colega de profissão ele me disse que já havia perdido vários trabalhos feitos por problemas de armazenamento de seus arquivos, isso se deu devido a problemas com seu PC. Mas você deve estar se perguntando, que relação tem este fato ocorrido com ganhar dinheiro? Tem tudo a ver, pois perder todo  seu trabalho feito e estruturado é também perder dinheiro e até mesmo deixar de ganhar dinheiro.

Vasculhando na internet encontrei vários artigos relatando a importância de armazenar os arquivos em nuvem. A computação em nuvem, ou cloud computing, é uma realidade num mundo tecnológico em que mais gente tem PCs, notebooks, smartphones e outros aparelhos com acesso a internet, e que buscam armazenar os seus arquivos em sites, em vez de backups físicos, como HDs externos e CDs. Por meio dessa forma de computação, os usuários guardam os seus vídeos, textos e fotos em servidores na internet, podendo acessá-los de onde quiser. Logo, por meio dela nada precisaria ficar instalado no computador – tudo estaria “flutuando” na nuvem.

Além de confiáveis, as ferramentas acabam se tornando alternativas mais eficientes de armazenamento do que discos externos e pen drives. Dependendo do serviço assinado, é possível contar com o streaming de arquivos multimídias, aplicativos para acessar os arquivos em dispositivos móveis, limite de tamanho individual de arquivos e taxa de velocidade de upload.

Para demonstrar as principais diferenças entre os serviços de armazenamento em nuvem, preparei um guia com os serviços mais populares, para que você possa escolher qual serviço atende melhor sua necessidade.

SugarSync

O SugarSync oferece gratuitamente um disco virtual de 5GB de capacidade para quem pretende armazenar seus arquivos em nuvem. Você poderá armazenar nesse disco cópias de segurança, imagens, vídeos, músicas em MP3, além de poder acessá-lo simultaneamente por múltiplos dispositivos. Oferece aplicativos para o gerenciamento dos arquivos nos sistemas operacionais Windows XP/Vista/7, Mac OS X, e para os dispositivos móveis iPhone, iPad, BlackBerry, Android, Windows Mobile e Symbian.

Além da interface web compatível com os principais navegadores de internet, também é possível contratar planos com maior capacidade de armazenamento. Você poderá fazer streaming dos arquivos de músicas, além de sincronizar e-mails do Outlook. Para usar o serviço basta criar uma conta no site do SugarSync.

Acesse e confira: https://www.sugarsync.com/

Dropbox

O DropBox é atualmente o serviço mais popular de armazenamento de dados em nuvem. O modelo de negócios do DropBox favorece  a você a oportunidade de divulgar o site, oferecendo espaço em troca de indicações – dessa forma,  você começa com 2 GB, podendo chegar a 18 GB. Sua presença nos dispositivos móveis também é notável, pois ele é o único que oferece suporte às plataformas Android, do Google, e iOS, da Apple, ao mesmo tempo. A interface do produto é semelhante ao gerenciador de arquivos do Windows, o que facilita a adoção do serviço. Basta arrastar os arquivos desejados para armazená-los na nuvem ou dentro do seu dispositivo. Outra vantagem está no compartilhamento de arquivos entre os usuários, algo que torna o DropBox indispensável para estudantes e profissionais que lidam com a constante troca de arquivos.

Para ter acesso a um disco virtual do Dropbox, basta criar uma conta no site do serviço. https://www.dropbox.com

Amazon Cloud Drive

Além de vender conteúdo digital e físico, a Amazon também é uma das gigantes do armazenamento em nuvem. A Amazon oferece um serviço de armazenamento na nuvem com capacidade de até 5 GB gratuitamente. Nesse serviço, além de armazenar os arquivos pessoais, os usuários podem guardar e organizar todas as músicas adquiridas na loja da Amazon.

A interface de acesso aos arquivos fica no próprio navegador de internet. Os usuários de iOS e Android contam com um aplicativo chamado Amazon Cloud Player, que permite acessar o conteúdo musical e criar listas de músicas. Caso o usuário precise de mais espaço, basta optar por uma assinatura anual de até 1TB de capacidade de armazenamento. Para acessar o serviço é preciso criar uma conta no site da Amazon.

Acesse e confira:  http://goo.gl/PTIAc

Ubuntu One

O Ubuntu One é um serviço de armazenamento de arquivos na nuvem oferecido pela empresa criadora da distribuição Linux Ubuntu. Você terá gratuitamente um disco virtual de 5 GB para armazenarem os arquivos. A sincronização dos arquivos pode ser feita pelo recurso nativo do Ubuntu, mas usuários do sistema operacional Windows também podem sincronizar os seus arquivos por meio do aplicativo do Ubuntu One criado para a plataforma.

Os usuários do sistema Android também contam com um aplicativo para smartphones e tablets. Para os donos de iPhone e iPad foi desenvolvido um aplicativo destinado apenas para o serviço Ubuntu One Music, que é um serviço adicional. Além dos aplicativos mencionados acima, também é possível acessar os arquivos no próprio site do Ubuntu One.

Acesse e confira: http://www.ubuntu-br.org 

Windows Live SkyDrive

Além de oferecer espaço em nuvem com o Skydrive, a Microsoft também fornece uma série de ferramentas de produtividade, como Word, Excel e PowerPoint on-line. Para ter acesso ao serviço é preciso ter uma conta ativa no Windows Live Messenger. O serviço está ligado ao Windows Live da empresa, o que garante integração completa entre o sistema operacional e o pacote Office da empresa para computadores – sem contar com a capacidade de compartilhar esse material. Entre os recursos do serviço, está a possibilidade de fazer o download de arquivos no formato .ZIP (compactado). Por exemplo, um vídeo que foi enviado à nuvem de um smartphone pode ser compactado e baixado ao mesmo tempo, diminuindo o tempo de transferência. Para atrair mais usuários, a companhia reduziu o preço de seus planos de dados pagos.

Acesse e confira: https://skydrive.live.com

Existem outros serviços na internet que também oferecem funcionalidades semelhantes aos apresentados acima. Nesta coluna, foram mostradas as ferramentas mais conhecidas e que oferecem opções gratuitas.

Espero que tenha gostado destas dicas. Deixe seu comentário.

Tenha uma semana fantástica!

Compartilhe este artigo:
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Add to favorites
  • LinkedIn

Related posts:

Sobre o autor

Sandra

Sou uma pessoa determinada, cheia de sonhos e objetivos a alcançar na vida. Sou Analista de Mídias Sociais e Internet Marketing!

2 comentários

  1. Ruthe Maria da Silva

    ainda não tenho o website,pois tó começando no mundo da internet agora,foi otímo
    ler o seu site.quero saber se posso confiar,preciso conversar com vc o mais rápido possivél aguardo sua resposta no meu e-mail,ruthe.

    1. Sandra

      Olá Ruthe, tudo bem? Obrigado por visitar meu blog. Trabalho com Internet Marketing já tem dois anos e posso lhe afirmar que nem tudo na internet é confiável, mas existem profissionais que podemos confiar, consegui fazer uma boa seleção dos negócios que são bons e dos que dão prejuízo, infelizmente tive que perder dinheiro para testar determinados negócios. Portanto a primeira dica que lhe dou é que você precisa fazer um bom curso para poder entender como funciona o nicho de mercado e como ganhar dinheiro na internet. Se você precisar de ajuda pode me adicionar no Skype (sandradindin) ou no Facebook https://www.facebook.com/sandraborges64 podemos conversar e lhe darei algumas dicas, ok? Sucesso! Forte abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>